DIMENSÕES DO PATRIMÔNIO MATERIAL E IMATERIAL DE PALMITINHO (RS): UMA REFLEXÃO INTRODUTÓRIA

Douglas Orestes Franzen, Barbara Reichert, Pamela Cauduro Negri, Carolina Lorenzetti Reineri, Karin Reichert Steffler

Resumo


A proposta visa propor uma discussão acerca das manifestações do patrimônio material e imaterial perceptíveis no município de Palmitinho (RS). A ideia é refletir sobre dimensões da cultura patrimonial nesse município, propondo uma interpretação da Festa de Santa Terezinha como manifestação imaterial e da Igreja da Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus como manifestação material.


Referências


ARÉVALO. J. M. La tradición, el Patrimônio y la identidad. In: Revista de estúdios extremeños, Vol 60, nº 3, p. 925-955, 2004.

CARTA DE BRASÍLIA. Documento Regional do Cone Sul sobre Autenticidade. Portal do Iphan, 1995. Disponível em < http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Carta%20Brasilia%201995.pdf> Acesso em 18/04/2019.

COSTA, Marli Lopes da; CASTRO, Ricardo Vieiralves de. Patrimônio Imaterial Nacional: preservando memórias ou construindo histórias? In: Revista Estudos de Psicologia. Vol 13, nº 2, p. 125-131, 2008.

IPHAN, 2014. Patrimônio imaterial. Disponível em acessado em 05 de dezembro de 2018.

ENDERLE, Armando Triches. Palmitinho, origem e trajetória histórico-cultural. Ed. URI, Frederico Westphalen, RS, 1996.

CLÉOFAS, Editora, 2018. Para que servem os Padroeiros? Disponível em acessado em 05 de dezembro de 2018.

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE PALMITINHO RS, 2016. Festa da Padroeira Santa Terezinha ocorre neste domingo(18). Disponível em acessado em 05 de dezembro de 2018.

GHIRARDELLO, Nilson, SPISSO, Beatriz. Patrimônio histórico: como e por que preservar. [et al.]. --Bauru, SP: Canal 6, 2008.

IPHAN,2014. Patrimônio Material. Disponível em >http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/276< acessado em 06 de dezembro de 2018.

LIVRO DE TOMBO. Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus, Palmitinho.

POLLAK, Michael. Memória e Identidade Social. Rio de Janeiro, 1992, vol.5,n 10, p. 200-212.

SANTANA, Mariely Cabral de. Alma e festa de uma cidade: devoção e construção da colina do Bonfim. Salvador: ADUFBA, 2009.

NEUMANN, Rosane Márcia. Uma Alemanha brasileira: a denominação dos lugares no complexo colonial da Colonizadora Meyer. In: Revista Colóquio – Revista do Desenvolvimento Regional (Faccat). V. 12, nº 2, p. 93-106, 2015.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.