DIVERSIDADE DE GENÊRO: UM ESTUDO DA PRODUÇÃO ACADÊMICA BRASILEIRA

Maicon Welter, Adalmir Rossa

Resumo


Este estudo procurou delinear o perfil da produção científica do tema Diversidade de Gênero em artigos publicados no Brasil, onde buscou-se compreender o perfil e tendências do campo, a partir da produção científica referente ao tema. Para tanto, realizou-se uma pesquisa qualitativa e descritiva, que teve sua operacionalização por meio de um estudo bibliométrico, usando para análise a base de dados Spell. Foram encontrados e analisados 19 artigos em seu total. No resultado, predominaram-se autores do gênero feminino (66,07%) e percebeu-se que a concentração de trabalhos foi entre 2013 a 2015. Dentre os autores, 94,83% publicaram apenas um artigo com o tema. As Universidades que se destacam são Universidade Federal de Lavras, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade Federal de Minas Gerais e a Universidade Presbiteriana Mackenzie, cada uma com três artigos vinculados a Instituição. Entre as Revistas, as que mais se destacam são a Revista de Administração Mackenzie, Revista de Carreiras e Pessoas, Revista Interdisciplinar de Gestão Social e a Revista Organizações em Contexto, com duas publicações cada. Destaca-se o periódico Cadernos EBAPE.BR, que teve a melhor Qualis capes dos periódicos analisados, com avaliação A2. Os estudos qualitativos tiveram predominância (36,84%), cujo foco de investigação foram as mulheres nas organizações, diversidade, gênero e gestão da diversidade. Sugere-se para estudos futuros, pesquisas sobre o tema LGBTs, mais estudos com o tema Diversidade de Gênero, estudos que abordam a preparação de carreira internacional, aspectos de crescimento profissional, recursos e oportunidades a diversidade, valorização, reconhecimento, igualdade de gêneros, o respeito da diversidade e estudos mais específicos.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.