PESQUISA DE SALMONELLA SPP EM SUPERFÍCIE DE MEIAS-CARCAÇAS SUÍNAS APÓS O PROCESSO DE ABATE

Nádia Hahn, Raquel Piletti

Resumo


A crescente preocupação por parte da população sobre a integridade e qualidade dos produtos consumidos tem exigido das empresas maiores controles em relação ao seu processo de produção. Sabe-se que o ambiente de abate e os procedimentos na manipulação das carcaças podem favorecer a contaminação microbiana no setor. A presença de Salmonella spp. em indústrias frigoríficas tem gerado grande preocupação, pois está relacionada a grandes surtos de doenças alimentares em todo o mundo. O presente estudo teve como objetivo realizar a pesquisa de Salmonella spp. no final do processo de abate, antes da etapa de refrigeração, com o intuito de avaliar se os procedimentos de controle higiênico-sanitários adotados pela empresa durante a linha de abate possuem a eficiência necessária para eliminar ou controlar a bactéria. A metodologia aplicada foi à coleta de dados de uma indústria frigorífica de suínos. Foram identificadas 5 amostras positivas em um total de 500 meias carcaças analisadas, correspondentes a 10 ciclos de 50 carcaças cada. Os resultados encontrados atendem ao padrão exigido pela legislação, o que comprova a eficiência do setor de abate, do ponto de vista higiênico-sanitário.

 

Palavras chaves꞉ Qualidade. Contaminação. Higienização. Frigoríficos.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.